UNIFEI - Campus 1: Itajubá PPG - Programas de Pós Graduação Dissertações
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.unifei.edu.br/jspui/handle/123456789/473
Tipo: Dissertação
Título: Avaliação do potencial citotóxico e antitumoral do dendrímero de pliglicerol salicildo em diferentes linhagens celulares.
Autor(es): MOURA, Renata Mendes
Abstract: O câncer é sem dúvida uma das doenças mais devastadoras deste século. Em 2007 causou 7,6 milhões de mortes. A necessidade de tratamentos mais eficazes tem motivado o trabalho de pesquisadores de todo o mundo. Dos inúmeros novos tratamentos e medicamentos, os dendrímeros, uma forma única de nanotecnologia surge como esperança. Esses promissores nanotransportadores têm a capacidade de detectar uma célula cancerosa e invadem a célula imitando vírus liberando potentes quimioterápicos no interior tumor. Os benefícios deste novo tratamento são o aumento do poder da droga na eliminação do câncer e a redução dos seus efeitos secundários tóxicos quando administrado regularmente. A síntese de derivados do ácido acetilsalicílico, como uma nova droga anticâncer tem crescido ao longo do tempo, pois compostos desta natureza tem muitas aplicações como anti-inflamatórios não-esteróides e como agente anticancerígeno. Neste trabalho, um dendrímero de poliglicerol salicilado (PGLD-AAS) foi sintetizado e caracterizado. Técnicas padronizadas foram utilizadas para caracterização do PGLD-AAS, entre eles a espectroscopia ¹H-RMN, ¹³C-RMN e Maldi-Tof. Além disso, ensaios in vitro foram realizados em três linhagens celulares: osteosarcoma humano (MG63), linhagem celular normal pulmonar humana de origem fibroblástica (MRC-5) e carcinoma de pulmão humano (A-549), para avaliar a citotoxicidade do, PGLD-AAS. O IC₅₀, que define a concentração do dendrímero salicilado capaz de inibir a reprodução de 50% das células encontrado foi superior ao IC₅₀ do AAS livre na mesma condição experimental. A indução do apoptose pelo PGLD-AAS foi avaliada por microscopia diferencial de fluorescência observando a morfologia das células após o ensaio de coloração com brometo de etídio e laranja de acridina. A microscopia diferencial de fluorescência indicou que PGLD-AAS induziu alterações morfológicas na membrana citoplasmática das linhagens de células A549, MG-63 MRC-5, provavelmente associada à morte celular por apoptose ou necrose. Os resultados experimentais evidenciam que eventos apoptóticos podem ser iniciados pelo PGLD-AAS, fazendo desta droga um agente promissor para o tratamento em linhagens celulares de carcinoma alveolar humano e osteosarcoma.
Citação: MOURA, Renata Mendes. Avaliação do potencial citotóxico e antitumoral do dendrímero de pliglicerol salicildo em diferentes linhagens celulares. 2011. 121 f. Dissertação (Mestrado em Materiais para Engenharia) – Universidade Federal de Itajubá, Itajubá, 2011.
URI: https://repositorio.unifei.edu.br/jspui/handle/123456789/473
Data do documento: 2011
Aparece nas coleções:Dissertações

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
dissertacao_moura_2011.pdf3.64 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.