UNIFEI - Campus 1: Itajubá PPG - Programas de Pós Graduação Dissertações
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.unifei.edu.br/jspui/handle/123456789/495
Tipo: Dissertação
Título: Segregação Espacial e Acessibilidade: Uma contribuição para o Desenvolvimento Sustentável em Campos do Jordão - SP.
Autor(es): ABITANTE, Juliana da Camara
Abstract: Partindo do pressuposto da relação entre acessibilidade e segregação espacial, este trabalho buscou discutir que permitir a acessibilidade do indivíduo na cidade é incluí-lo na vida urbana. O acesso dos indivíduos aos serviços urbanos é também decorrente da heterogênea disposição espacial de diferentes classes sociais sobre o território, interferindo diretamente na mobilidade da cidade. A disposição das pessoas sobre o espaço estabelece diferentes acessibilidades aos equipamentos públicos da cidade. A disponibilidade de ofertas dos locais de interesse está relacionada às oportunidades de acessibilidade da população. Isto pressupõe a importância da compreensão da ocupação urbana territorial do município e as motivações que estes espaços foram ocupados no decorrer do tempo. O objetivo é, por meio de um estudo de caso no município de Campos do Jordão, avaliar a influência da segregação espacial da ocupação urbana sobre a acessibilidade territorial, sob a ótica da mobilidade urbana sustentável. O estudo aborda uma pesquisa qualitativa do fenômeno urbano, em especial a questão da segregação espacial e acessibilidade com enfoque descritivo e interpretativo. Desta forma, foi investigado primeiramente, aspectos históricos e do meio físico que contribuíram para o desenvolvimento, ocupação urbana e segregação sócio espacial de Campos do Jordão. Este processo foi analisado por meio de estudo documental e análise de dados. Para o entendimento da configuração urbana e segregação espacial, o diagnóstico contou com fotografias aéreas que permitiram a análise espacial em ambiente SIG, com aproximação alguns locais, nos quais são possíveis de visualmente identificar diferentes ocupações populacionais e fotografias tiradas in-loco. A segunda etapa foi avaliar da acessibilidade territorial, por meio da análise multicritério em ambiente SIG. Esta avaliação gerou duas análises. A Análise I foi desenvolvida a partir do índice de acessibilidade territorial aos equipamentos urbanos por distância-custo. A Análise II incorporou à Análise I o tipo de pavimento e a declividade do relevo, como fatores de fricção do terreno, Estes aspectos, por serem considerados relevante na acessibilidade, foram adicionados à avaliação após a efetuação do índice, gerando novos valores de acessibilidade. Por fim, apresentou-se uma análise de contraposição da influência da segregação espacial na acessibilidade do espaço urbano, buscando compreender a interferência destes fenômenos no desenvolvimento da cidade. Com a organização, classificação e análise dessas informações foi possível contribuir para o entendimento das relações sócio espaciais dos munícipes, obtendo-se uma base de dados para melhor subsidiar um planejamento do espaço urbano, valorização e proteção da paisagem e um projeto de mobilidade urbana sustentável que atenda as características peculiares da cidade em questão.
Citação: ABITANTE, Juliana da Camara. Segregação Espacial e Acessibilidade: Uma contribuição para o Desenvolvimento Sustentável em Campos do Jordão - SP. 2016. 152 f. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento, Tecnologias e Sociedade) – Universidade Federal de Itajubá, Itajubá, 2016.
URI: https://repositorio.unifei.edu.br/jspui/handle/123456789/495
Data do documento: Abr-2016
Aparece nas coleções:Dissertações

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
dissertacao_abitante_2016.pdf6.28 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.