UNIFEI - Campus 2: Itabira PPG - Programas de Pós-Graduação Dissertações
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.unifei.edu.br/jspui/handle/123456789/2367
Tipo: Dissertação
Título: Avaliação de Alternativas para Reabilitação de Lagos Urbanos: O Caso da Lagoa da Pampulha, em Belo Horizonte – MG
Título(s) alternativo(s): Evaluation of Alternatives for Rehabilitation of Urban Lakes: The Case of Lagoa da Pampulha, in Belo Horizonte - MG
Autor(es): Furtado, Ana Paula Fernandes Viana
Primeiro Orientador: Monte-Mor, Roberto Cezar de Almeida
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Couto, Eduardo de Aguiar do
metadata.dc.contributor.referee1: Morais, Anderson de Assis
metadata.dc.contributor.referee2: Silva, Talita Fernanda das Graças
Resumo: A Lagoa da Pampulha é um lago artificial localizado na cidade de Belo Horizonte e que vem sofrendo há décadas com problemas de eutrofização e de assoreamento. Há quase 20 anos diversas ações vêm sendo implementadas, buscando promover a reabilitação do lago. Contudo, a Lagoa da Pampulha ainda apresenta sinais de degradação. Neste contexto, o objetivo deste trabalho foi avaliar a importância das melhorias sanitárias, ambientais e urbanísticas, implementadas na bacia hidrográfica, no processo de reabilitação da Lagoa da Pampulha. Para isso, foram realizados cálculos para estimar as cargas de fósforo total (PT) e de sólidos suspensos totais (SST) aportadas entre os anos de 2016 e 2017 à Lagoa da Pampulha, a partir de dados de monitoramento hidrológico e de qualidade de água. Adicionalmente, foram realizadas simulações no Storm Water Management Model – SWMM para avaliar a produção de cargas de PT e SST em cenários hipotéticos. O cenário conservador propôs a redução de 50% dos lançamentos de esgoto sanitários nos cursos d’água e aumento de 30% e 10% na área de mancha urbana e de solos não vegetados, respectivamente, na bacia hidrográfica. Em um cenário otimista, foi proposta a redução de 95% dos lançamentos de esgoto e uma redução de 50% dos solos não vegetados. Por fim, foram analisados os impactos das cargas estimadas e simuladas na Lagoa da Pampulha por meio de análises dos Índices de Estado Trófico (IET) e da Taxa de Assoreamento (TA). Segundo resultados obtidos, entre outubro de 2016 e setembro de 2017, cerca de 38 toneladas de PT e, cerca de 3.000 toneladas de SST foram despejadas na Lagoa da Pampulha. Os resultados das simulações no SWMM indicaram que, mesmo com a implantação das melhorias propostas, as cargas aportadas à Lagoa da Pampulha pelo escoamento superficial mantiveram-se elevadas, variando de cerca de 23.000 a 13.000 ton/ano para os cenários conservador e otimista, respectivamente. Tanto as cargas estimadas quanto as cargas simuladas foram traduzidas em IET superiores a 70, com classificação hipereutrófica para a Lagoa da Pampulha, associada a um severo processo de eutrofização. Essa avaliação permitiu inferir que as melhorias das condições sanitárias e de ocupação do solo da bacia hidrográfica, apesar de serem essenciais no processo de reabilitação de lagos, não serão capazes de, em médio e curto prazo, reverter a condição de eutrofização da Lagoa da Pampulha, necessitando ser associadas a outras técnicas de tratamento. Os resultados dos cálculos e simulações da produção de SST indicaram TA de cerca de 7.000 a 5.000 m3/ano, valores que destoaram das taxas obtidas por meio de topobatimetrias, superiores a 100.000 m3/ano. Assim, não foi possível, neste trabalho, relacionar a carga de SST no processo de assoreamento da Lagoa da Pampulha.
Abstract: Lagoa da Pampulha is an artificial lake located in the city of Belo Horizonte and has been suffering for decades with problems of eutrophication and silting. For almost 20 years, several actions have been implemented, seeking to promote the rehabilitation of the lake. However, Lagoa da Pampulha still shows signs of degradation. In this context, the objective of this work was to evaluate the importance of sanitary, environmental and urban improvements, implemented in the hydrographic basin, in the rehabilitation process of Lagoa da Pampulha. For this purpose, calculations of the total phosphorus (TP) and total suspended solids (TSS) loads contributed annually to Lagoa da Pampulha, obtained from hydrological and water quality monitoring data between the years 2016 and 2017. In addition, modeling was performed using the Storm Water Management Model - SWMM to evaluate the production of TP and TSS loads in hypothetical scenarios. The conservative scenario proposed a reduction of 50% in the discharge of sanitary sewage in water courses and an increase of 30% and 10% in the area of urban areas and non-vegetated soils, respectively, in the hydrographic basin. In an optimistic scenario, a reduction of 95% in sewage releases and a reduction of 50% in non-vegetated soils was proposed. Finally, the impacts of the calculated and simulated loads in Lagoa da Pampulha were analyzed by means of the Trophic State Indices and the Silting Rate. ndicated that, even with the implementation of the proposed measures, the loads brought to Lagoa da Pampulha by surface runoff remained quite high, ranging from around 23.000 to 13.000 ton / year for the conservative and optimistic scenarios, respectively. Both the calculated loads and the simulated loads were translated into Trophic State Indices greater than 70, with a hypereutrophic classification for Lagoa da Pampulha, associated with a severe eutrophication process This evaluation allowed us to infer that the improvements in sanitary conditions and land use in the hydrographic basin, despite their relevance, do not alter in the medium and short term, the condition of degradation of the lake, needing to be associated with other rehabilitation techniques. The results of the TSS calculations and simulations indicated a TA of around 7.000 to 5.000 m3 / year, values that differed from the rates obtained by means of topobatimetry, greater than 100.000 m3 / year. Thus, it was not possible, in this work, to relate the TSS load in the silting process of Lagoa da Pampulha.
Palavras-chave: Lagos Urbanos
Urban Lakes
Reabilitação
Rehabilitation
Lagoa da Pampulha
CNPq: CNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA SANITARIA::RECURSOS HIDRICOS::PLANEJAMENTO INTEGRADO DOS RECURSOS HIDRICOS
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Universidade Federal de Itajubá
Sigla da Instituição: UNIFEI
metadata.dc.publisher.department: PPG - Programas de Pós Graduação - Itabira
metadata.dc.publisher.program: PPG - Programas de Pós Graduação - Itabira
Citação: FURTADO, Ana Paula Fernandes Viana. Avaliação de Alternativas para Reabilitação de Lagos Urbanos: O Caso da Lagoa da Pampulha, em Belo Horizonte – MG. 2020. 86 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Rede Nacional em Gestão e Regulação de Recursos Hídricos – PROFÁGUA), Instituto de Ciências Puras e Aplicadas, Universidade Federal de Itajubá, Campus de Itabira, Minas Gerais, 2020.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.unifei.edu.br/jspui/handle/123456789/2367
Data do documento: 23-Set-2020
Aparece nas coleções:Dissertações

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ANA_PAULA_FERNANDES_VIANA_FURTADO_FINAL - ana paula fernandes.pdfFURTADO, Ana Paula Fernandes Viana. Avaliação de Alternativas para Reabilitação de Lagos Urbanos: O Caso da Lagoa da Pampulha, em Belo Horizonte – MG. 2020. 86 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Rede Nacional em Gestão e Regulação de Recursos Hídricos – PROFÁGUA), Instituto de Ciências Puras e Aplicadas, Universidade Federal de Itajubá, Campus de Itabira, Minas Gerais, 2020.3.1 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.