DSpace Repository

Sistema de Gerenciamento de Energia para Operação Resiliente de Microrredes em Modo Ilhado.

Show simple item record

dc.contributor.author OLIVEIRA, Denisson Queiroz
dc.date.issued 2015-11
dc.identifier.citation OLIVEIRA, Denisson Queiroz. Sistema de Gerenciamento de Energia para Operação Resiliente de Microrredes em Modo Ilhado. 2015. 105 f. Tese (Doutorado em Engenharia Elétrica) – Universidade Federal de Itajubá, Itajubá, 2015. pt_BR
dc.identifier.uri https://repositorio.unifei.edu.br/jspui/handle/123456789/201
dc.description.abstract A implementação e difusão de dispositivos de automação do sistema elétrico, aplicação da tecnologia da informação e integração de novas fontes energéticas culminam no desenvolvimento dos sistemas elétricos inteligentes. Em vez de recriar todo o sistema elétrico, o caminho passa pelo desenvolvimento das microrredes, que são sistemas de distribuição com opções de geração e armazenamento de energia, redes de comunicação e cargas controladas. Essas microrredes possuem capacidade de operação em modo ilhado, ou seja, desconectadas do sistema principal. Nesse cenário, elas devem ser capazes de suprir sua própria demanda de forma autônoma. Essa capacidade é requerida em momentos que a conexão com o sistema principal é interrompida por quaisquer motivos. A capacidade de continuar operando quando essa indisponibilidade é causada por eventos extremos e não planejados, como desastres naturais, é chamada de resiliência. Guardadas as devidas considerações, o conceito de resiliência também pode ser aplicado em casos em que a indisponibilidade seja causada por um blecaute no sistema elétrico, cujo processo de recomposição é complexo e demorado. Dada que a indisponibilidade pode durar horas, é necessário planejar a operação da microrrede considerando a escassez de energia elétrica de maneira a maximizar o tempo de fornecimento de eletricidade para os clientes prioritários. Essa é a motivação do desenvolvimento desse trabalho, que apresenta uma metodologia para planejar a operação resiliente da microrrede buscando maximizar o tempo de fornecimento de energia e garantir o mínimo custo de suprimento das cargas. A metodologia se baseia na definição de classes de consumidores, modos de operação previamente configurados com ações de controle definidas e determinação de variáveis de controle para aplicação em um algoritmo de decisão, cuja solução apresenta o modo de operação desejado para a microrrede e a composição do despacho da geração para cada intervalo de tempo. Os resultados obtidos demonstram a capacidade de maximização do tempo de fornecimento para as cargas críticas. pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.title Sistema de Gerenciamento de Energia para Operação Resiliente de Microrredes em Modo Ilhado. pt_BR
dc.type Tese pt_BR
dc.place Itajubá pt_BR
dc.pages 105 p. pt_BR
dc.keywords.portuguese Sistemas elétricos inteligentes pt_BR
dc.keywords.portuguese Microrredes pt_BR
dc.keywords.portuguese Operação resiliente pt_BR
dc.keywords.portuguese Maximização do tempo pt_BR
dc.orientador.principal SOUZA, Antônio Carlos Zambroni de
dc.orientador.principal LOPES, Benedito Isaías de Lima
dc.place.presentation Universidade Federal de Itajubá pt_BR
dc.pg.programa Engenharia Elétrica pt_BR
dc.pg.area Sistemas Elétricos de Potência pt_BR
dc.date.available 2015-12-02T17:30:48Z
dc.date.accessioned 2015-12-02T17:30:48Z


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record