Repositório UNIFEI UNIFEI - Campus 1: Itajubá PPG - Programas de Pós Graduação Dissertações
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.unifei.edu.br/jspui/handle/123456789/1092
Tipo: Dissertação
Título: Fatores críticos no processo de criação dos spin-offs acadêmicos: o caso Tecnosinos.
Autor(es): LUZ, Michelle Roseli da
Abstract: A geração e a conservação de conhecimento deixaram de ser os únicos papéis desempenhados pelas universidades. Essas instituições têm expandido suas funções na tentativa de atender as demandas colocadas pela sociedade e uma das formas encontradas pelas universidades para isso é a participação na criação de empreendimentos tecnológicos. Entre esses empreendimentos, destacam-se na literatura os spin-offs acadêmicos, empresas criadas para explorar a propriedade intelectual criada em uma instituição acadêmica. Frente ao interesse direcionado a esses empreendimentos, têm sido desenvolvidos estudos acerca de sua formação, características e desenvolvimento, considerando os fatores de suporte para sua criação. Assim, este trabalho busca identificar e analisar os fatores de criação dos spin-offs acadêmicos. Para isso, recorreu-se a uma fundamentação teórica que permitiu o levantamento, na literatura, de oito fatores do processo de criação desses empreendimentos: grau de apoio recebido da organização-mãe, legislação, disponibilidade de recursos, posse dos direitos de propriedade intelectual pelos centros de transferência tecnológica, disponibilidade de talentos, potencial mercadológico, localização e habilidades de gerenciamento. Em seguida, realizou-se um estudo de caso com spin-offs do Parque Tecnológico da Universidade do Vale dos Sinos – Tecnosinos, que possibilitou a investigação da percepção dos spin-offs acadêmicos e do Parque Tecnológico que os abriga, em relação aos fatores apontados na literatura. A condução do estudo de caso mostrou que tanto os spin-offs acadêmicos quanto o Parque Tecnológico reconhecem a existência de todos os fatores de criação apresentados, dando ênfase a alguns deles, como grau de apoio recebido da organização-mãe, disponibilidade de recursos e potencial mercadológico. Foi possível concluir que não existe um processo formal e sistematizado para a criação de spin-offs acadêmicos, embora exista destaque dado ao papel desempenhado pela incubadora, e que os fatores desse processo ainda não estão total e adequadamente desenvolvidos a ponto de proporcionar condições de suporte ideais que estimulem e dêem apoio de forma sólida para a formação desses empreendimentos.
Citação: LUZ, Michelle Roseli da. Fatores críticos no processo de criação dos spin-offs acadêmicos: o caso Tecnosinos. 2012. 81 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção) – Universidade Federal de Itajubá, Itajubá, 2012.
URI: https://repositorio.unifei.edu.br/jspui/handle/123456789/1092
Data do documento: 2012
Aparece nas coleções:Dissertações

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
dissertacao_luz_2012.pdf564,95 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.